Quinta, 26 de abril de 201826/4/2018
86 9-8108-3425
Nublado
23º
25º
30º
Piracuruca - PI
Erro ao processar!
BRASIL
STF concede liminar para evitar prisão do ex-presidente Lula
Com a decisão, o ex-presidente não poderá ser preso até que ocorra o julgamento do habeas corpus, que acontecerá no dia 4 de abril.
Ivan Sousa Piracuruca - PI
Postada em 22/03/2018 ás 21h21
STF concede liminar para evitar prisão do ex-presidente Lula

Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF)/Foto: Walterson Rosa/FramePhoto/Estadão Conteúdo

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nessa quinta-feira (22), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não poderá ser preso até que ocorra o julgamento do habeas corpus, que acontecerá no dia 4 de abril. O julgamento deveria ocorrer hoje, mas a sessão foi suspensa.


Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de reclusão em regime fechado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) em janeiro. Ele então ingressou com Embargos de Declaração, que será julgado na próxima segunda-feira (26). Esse é o último recurso de Lula na segunda instância e se for negado, já poderia ser determinada a sua prisão.


Por causa disso, os advogados de defesa do ex-presidente ingressaram no STF com um habeas corpus, para evitar a prisão, alegando que Lula só poderia ser preso quando a ação estiver em trânsito em julgado, ou seja, quando não houver mais possibilidade de recurso nas instâncias superiores.


Primeiro foi analisado a validade do habeas corpus no caso, 7 votaram a favor do julgamento e 4 contra.Quando iria começar o julgamento, parte dos ministros tinha compromissos e necessitava viajar. A maioria dos ministros decidiram então suspender a sessão, mas como o caso de Lula já será julgado na próxima segunda-feira pelo TRF-4, foi deferida uma liminar, por 6 votos a 5, para impedir que Lula seja preso, até que seja julgado devidamente o habeas corpus no STF. O julgamento só acontecerá no dia 4 de abril.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium